Sabe, eu até que estou começando a gostar de Prolog. Esse negócio de você apenas dizer para a máquina o que fazer sem se preocupar necessariamente como pode vir a ser uma mão na roda para alguém que rotineiramente precisa de várias tentativas até conseguir algum resultado correto quando programa.

Com o Prolog, eu posso ter um resultado correto logo de cara, e depois me preocupar em otimizar o tempo de execução. Se tudo mais falhar, eu sempre posso ficar com a primeira solução.

~ por mestrebira em 15/04/2003.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: