Meu humor se encontra um tanto errante. O que, obviamente, me leva a cometer muitos erros.

Normalmente, eu me considero uma pessoa bastante apreciadora de novidades, e daquilo que é diferente. É assim com as mídias variadas e com comida, por exemplo. Se encontro um prato inédito ou um anime que clama possuir um sabor diferente do resto, o mínimo que eu faço é experimentar um pouco. Quanto mais diferente do “normal”, maior é a chance que o sabor será do meu agrado.

Fora desses limitados campos, entretanto, a linha vermelha a partir da qual a novidade torna-se estranheza está bem mais próxima do ponto que marca a situação atual como a percebo. Particularmente, mudar de casa é desculpa suficiente para meu cérebro autodefenestrar-se e ficar vagueando por aí, cuidadosamente evitando qualquer pensamento pertinente a obrigaçõe e organização, e, por conseguinte, enfurecendo todos aqueles a seu redor que acabam sendo arrastados para os problemas que tento resolver de maneira tão ineficiente e desastrosa.

Até o feriado espero que a questão se resolva, mas creio que este degenerado quilo de massa cinzenta irá achar desculpas para não fazer seu trabalho até se acostumar a seu novo hábitat.

~ por mestrebira em 21/05/2003.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: