As mensagens aqui não são muito comentadas decerto porque eu não uso este lugar para contar a minha vida. O outro motivo, mais óbvio, é que eu o atualizo apenas uma vez a cada era geoógica.

Bom, pelo menos ele serviu para me mostrar que os meus pensamentos são bem menos aleatórios do que eu pensava, o que não deixa de ser algo excelente. Ultimamente, eles têm ido parar em cantos mais produtivos, como meu formatador em Java que transforma arquivos texto em HTML, ou uma historinha pífia de 133 palavras que está na Fiction Press, mas que é tão pequena que eu posso colar aqui na íntegra sem medo de colocar coisa demais em uma única mensagem:

———–

Falatório

por Ubiratan Pires Alberton

Sua forma de comunicação era incompreensível para os não-iniciados,

blocos de jargão altamente especializado encadeados em uma sequência que

apenas eles entendiam. Havia volumes inteiros escritos sobre cada uma

daquelas expressões. Parecia muito interessante na teoria, mas era um

obstáculo e tanto quando se considerava que eles deveriam estar

coordenando todo mundo em nome da sobrevivência.

— Mecanicismo desenfreado, negativismo inerente, torpor coletivizado.

— Hein?

— Estupidez galopante! Aculturalismo generalizado, desterritorialização

imediata, iluminação verborrágica!

— Hã… tá certo. Agora eu entendi.

Não entendeu porcaria nenhuma, mas não queria escutar aquilo por nem

mais um minuto.

Alguns dias depois, o módulo da astronave que os carregava foi

discretamente ejetado, logo perdendo-se no frio do espaço. Dizer que

ninguém notou seria exagero, já que houve pequenas celebrações

espalhadas pelos alojamentos da tripulação aquela noite.

Quanto aos intelectuais expelidos, morreram pela falta de seus volumes

antes que dessem pela falta do oxigênio.

———–

Além disso, há um conto que eu estou escrevendo para me aquecer para aquela loucura da qual eu disse que não iria participar, também há a miríade de relatórios de 20+ páginas que eu tenho que entregar a cada duas semanas (que não são divertidos, mas ensinam a encher folhas de papel com informação redundante).

~ por mestrebira em 15/10/2003.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: