PDF, DRM, e outras letras

Antes, eu não gostava nem um pouco da DriveThru RPG, por um motivo até bastante simples: os PDFs que eles vendiam vinham todos “aleijados” com o esquema de DRM da Adobe, que impedia os clientes de usar os livros comprados em qualquer situação que não se encaixasse em uma lista bastante específica (Windows, Acrobat 6+, limitações de distribuição, ativação online obrigatória, etc). Eu não apenas acho esse tipo de coisa um pé no saco como tenho uma certa oposição filosófica ao DRM em si. Quem coloca isso em um produto está basicamente chamando os próprios clientes de ladrões sem-vergonha.

Minha opinião sobre eles melhorou bastante quando eles trocaram o DRM por um esquema de marca-d’água, onde cada arquivo é “marcado” com o nome do comprador, e provavelmente com um número de série, mas não possui nenhuma restrição de uso. Eu posso abrir os PDFs onde eu quiser, ler em outros computadores, gravar em CD, etc. e tal. Sair distribuindo por aí ainda é proibido (pois ainda é pirataria) e a marca d’água ajuda a detectar quem foi o “culpado” pela disseminação do arquivo.

Ela ainda apresenta seus problemas: se alguém conseguisse acesso aos arquivos de um pobre inocente, poderia colocá-los na rede e fazer com que o outro levasse a culpa. Mas, na minha opinião, é um passo na direção certa.

O preço dos arquivos ainda está muito mais próximo do preço de um livro de papel o de outros sites concorrentes, mas o custo-benefício está até bastante bom para um comprador brasileiro – não há frete de espécie alguma, e a entrega é imediata.

~ por mestrebira em 18/03/2005.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: